segunda-feira, setembro 27, 2021
Home Política Randolfe pede que PF investigue Bolsonaro por vazar inquérito sigiloso

Randolfe pede que PF investigue Bolsonaro por vazar inquérito sigiloso

Em resposta ao anúncio da PF a respeito da abertura de investigação para apurar o vazamento de depoimentos sigilosos enviados nesta semana à CPI da Pandemia, o vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues, cobrou no início da tarde desta quinta-feira que a corporação abra um inquérito para investigar a conduta do presidente Jair Bolsonaro.

O motivo: Bolsonaro divulgou na noite desta quarta, nas suas redes sociais, a íntegra de um inquérito da própria Polícia Federal que está sob sigilo, sobre uma possível invasão aos sistemas informatizados do TSE.

Primeiramente, Randolfe classificou a investigação da PF contra a CPI, informada na tarde desta quarta, como “inconstitucional” e “ilegítima”. E aproveitou, em nome da comissão, para dirigir uma pergunta ao ministro da Justiça, Anderson Torres, e ao diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino:

“A que horas será anunciada a abertura do inquérito contra o senhor presidente da República, já que o inquérito contra essa Comissão Parlamentar de Inquérito foi anunciado, inclusive, senador Renan, no âmbito desta CPI e logo em seguida foi anunciado para a imprensa”.

O senador concluiu dizendo esperar, “assim como o vigia espera pela aurora”, que a medida seja anunciada ainda nesta quinta-feira, “pela divulgação, aí sim, com todas as digitais, nas suas redes sociais, de um inquérito sigiloso”.

- Advertisment -