domingo, maio 22, 2022
spot_img
HomeEconomiaPressionado por inflação e variante Delta, Copom sobe Selic a 5,25% ao...

Pressionado por inflação e variante Delta, Copom sobe Selic a 5,25% ao ano

No ímpeto de contar a escalada persistente dos índices de inflação no país, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu subir a taxa básica de juros, a Selic, em 1 ponto percentual, para 5,25% ao ano. O anúncio, acordado de forma unânime entre os membros na reunião desta quarta-feira 4, aponta, ainda, a evolução da variante Delta de Covid-19 mundo afora como um fator de risco. Por fim, a autoridade fiscal projeta novos avanços para a taxa de juros nas próximas reuniões, com previsão estimada de 7% ao ano.

O Copom ainda fez questão de reiterar a continuidade das reformas estruturantes para que o ambiente econômico melhore. “Perseverar no processo de reformas e ajustes necessários na economia brasileira é essencial para permitir a recuperação sustentável da economia”, diz trecho do comunicado. “O Comitê ressalta, ainda, que questionamentos sobre a continuidade das reformas e alterações de caráter permanente no processo de ajuste das contas públicas podem elevar a taxa de juros estrutural da economia.”

A tentativa é clara: conter o avanço da inflação. Com a reabertura mais robusta do setor de serviços recentemente, o comitê vê piora em componentes inerciais dos índices de preços pelo país, o que pode provocar uma deterioração adicional às expectativas da inflação. Há de se destacar, ainda, o aumento nos custos com energia elétrica pelo país devido à crise hídrica.

“A inflação ao consumidor continua se revelando persistente. Os últimos indicadores divulgados mostram composição mais desfavorável. Destacam-se a surpresa com o componente subjacente da inflação de serviços e a continuidade da pressão sobre bens industriais”, afirma o comunicado. “Além disso, há novas pressões em componentes voláteis, como a possível elevação do adicional da bandeira tarifária e os novos aumentos nos preços de alimentos, ambos decorrentes de condições climáticas adversas. Em conjunto, esses fatores acarretam revisão significativa das projeções de curto prazo.”

- Advertisment -spot_img