segunda-feira, julho 4, 2022
HomeInvestimentosOtimismo de gestores com a Bolsa local cai ao menor nível desde...

Otimismo de gestores com a Bolsa local cai ao menor nível desde 2018, aponta pesquisa do BofA

Brasil em queda/crise (Foto: Getty Images)

SÃO PAULO – Com uma deterioração do cenário fiscal brasileiro, ruídos políticos e preocupações globais pesando sobre os preços dos ativos domésticos, a convicção de gestores da América Latina com relação à Bolsa brasileira teve uma forte queda em agosto.

De acordo com a pesquisa “LatAm Fund Manager Survey”, do Bank of America (BofA), o percentual de investidores que apontaram as ações como a melhor classe de ativos no Brasil caiu de cerca de 70%, em julho, para menos de 40%, em agosto.

O percentual é o menor desde o início da pesquisa, em março de 2018. O levantamento do banco americano ouviu 31 gestores com cerca de US$ 89 bilhões em ativos sob gestão.

Por outro lado, com os prêmios pagos por títulos públicos em disparada diante do aumento de aversão ao risco, o percentual de investidores que diz ver os papéis emitidos pelo Tesouro atrelados à inflação como os mais atrativos no mercado cresceu de menos de 10%, no mês passado, para cerca de 25%, em agosto.

Leia também:
Tesouro Direto: com alta dos prêmios dos títulos públicos, vale a pena investir agora? Confira as recomendações de especialistas

Com os investidores mais cautelosos com ativos de maior risco, no mercado de renda variável, 49% dos gestores consultados disseram esperar que o Ibovespa termine 2021 acima de 130 mil pontos, ante 78%, no mês anterior.

A projeção representa um potencial de alta de 9,1%, em relação ao fechamento do último pregão. Em agosto, o índice acumula perdas de 2,2%, até ontem, enquanto, no acumulado do ano, o índice opera próximo da estabilidade, com alta de 0,14%.

Entre os principais gatilhos positivos para a Bolsa brasileira, os participantes da pesquisa citam o avanço da vacinação seguido pela reabertura econômica, bem como uma maior visibilidade com relação à continuidade das políticas econômicas.

Assim como no levantamento anterior, a maior parte dos gestores ainda espera um crescimento acima de 4% do Produto Interno Bruto (PIB).

Com relação à taxa básica de juros, os entrevistados enxergam a Selic encerrando dezembro deste ano entre 7,50% e 8,25% ao ano.

Na avaliação dos gestores consultados pelo BofA, apenas uma Selic igual ou acima de 8,50% poderia reduzir o fluxo de investidores para a renda variável.

De olho no Fed

No escopo mais abrangente da América Latina, 39% dos investidores dizem monitorar como o principal risco para a região um possível erro de política monetária por parte do Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

Na sequência, aparecem fatores como a economia da China e o impacto para as commodities, citados por 20% dos entrevistados. O fortalecimento do dólar também aparece entre os riscos no radar.

Segundo a pesquisa, 26% dos gestores na América Latina planejam ampliar a alocação em ações nos próximos seis meses, abaixo da média histórica do levantamento, mais próxima de 35%.

Entre as maiores posições overweight (acima da média do mercado) nas carteiras dos gestores, aparecem setores de consumo discricionário, materiais e finanças. Já as maiores posições underweight (abaixo da média) estão em bens de consumo, utilities e industriais.

Para os próximos seis meses, as principais estratégias dos gestores de América Latina consultados recaem sobre teses de investimento relacionadas à reabertura econômica pós-Covid. Na sequência, aparecem temas ligados a commodities e exportadoras.

Calcule sua renda com FIIs
Baixe uma planilha gratuita que mostra o retorno com dividendos de uma carteira de fundos imobiliários:

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

The post Otimismo de gestores com a Bolsa local cai ao menor nível desde 2018, aponta pesquisa do BofA appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -spot_img