domingo, setembro 26, 2021
Home Política Nunes Marques autoriza motoboy a não comparecer a depoimento à CPI

Nunes Marques autoriza motoboy a não comparecer a depoimento à CPI

O ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, autorizou o motoboy Ivanildo Gonçalves da Silva a não comparecer ao depoimento na CPI da Covid-19 marcado para esta terça-feira, 31.

Ivanildo Gonçalves da Silva foi convocado a prestar depoimento à comissão, pois teria realizado saques que somam R$ 4,7 milhões a serviço da VTClog, empresa de logística que foi selecionada pelo Ministério da Saúde para cuidar da armazenagem e distribuição de medicamentos, entre eles, vacinas. Ivanildo trabalha no local desde 2009.

Kassio Nunes Marques também determinou que, se Ivanildo decidir prestar depoimento, o motoboy poderá permanecer em silêncio diante das perguntas dos parlamentares, ser auxiliado por um advogado, não ser submetido ao compromisso de dizer a verdade e não sofrer constrangimentos físicos e morais por conta do exercício dessas prerrogativas.

Os advogados de Ivanildo acionaram o STF ao avaliar que a convocação é ilegal e vai expor indevidamente a privacidade e intimidade do motoboy. Alegaram ainda que ele “não exerce qualquer papel que possa colaborar com a investigação por apenas realizar serviços de deslocamento, inclusive diligências bancárias necessárias à administração da VTCLOG”.

- Advertisment -