domingo, setembro 26, 2021
Home Brasil ‘Ninguém fechará esta Corte. Nós a manteremos de pé’, diz Fux

‘Ninguém fechará esta Corte. Nós a manteremos de pé’, diz Fux

Em seu pronunciamento, além de mandar recados a Jair Bolsonaro, o presidente do STF, ministro Luiz Fux, mandou avisos aos aloprados bolsonaristas que usaram o direito de expressão para pregar o fechamento do STF e até mesmo uma invasão seguida de destruição do prédio da Corte.

“Ninguém fechará esta Corte. Nós a manteremos de pé, com suor e perseverança. No exercício de seu papel, o Supremo Tribunal Federal não se cansará de pregar fidelidade à Constituição e, ao assim proceder, esta Corte reafirmará, ao longo de sua perene existência, o seu necessário compromisso com a democracia, com os direitos humanos e com o respeito aos poderes e às instituições deste país”, disse Fux.

O presidente da Corte, a exemplo do que fez Arthur Lira em sua fala na Câmara, defendeu o foco nos problemas reais do país. “Em nome das Ministras e dos Ministros desta Casa, conclamo os líderes do nosso país a que se dediquem aos problemas reais que assolam o nosso povo: a pandemia, que ainda não acabou e já levou 580 mil vidas brasileiras; o desemprego, que conduz o cidadão ao limite da sobrevivência biológica; a inflação, que corrói a renda dos mais pobres; e a crise hídrica, que ameaça a nossa retomada econômica”, disse Fux.

“Esperança por dias melhores é o nosso desejo, mas continuamos firmes na exigência de narrativas verdadeiramente democráticas, à altura do que o povo brasileiro almeja e merece. Não temos tempo a perder”, disse Fux.

Leia a íntegra do pronunciamento do presidente do STF, ministro Luiz Fux

- Advertisment -