segunda-feira, maio 16, 2022
spot_img
HomeBrasilJustiça do DF não consegue encontrar bolsonarista que despacha no Planalto

Justiça do DF não consegue encontrar bolsonarista que despacha no Planalto

Quase dois meses depois de se tornar réu pelo crime de racismo por fazer um gesto ligado à ideia de supremacia branca durante sessão do Senado, em março, o assessor da Presidência Filipe Martins não foi localizado pela oficial de Justiça que tentou fazer citação dele na semana passada, em Brasília.

No endereço que consta em seu nome no processo, uma mulher encontrada pela oficial disse que mora no local há seis anos e que nunca conheceu Martins. Ele segue despachando normalmente no Palácio do Planalto, assessorando o presidente Jair Bolsonaro.

A tentativa frustrada ocorreu na tarde do último dia 11, em um apartamento da Asa Sul de Brasília. A oficial devolveu o mandado para redistribuição, informando que o outro endereço descrito se encontrava fora da sua área de atuação.

Até esta quinta-feira, o andamento processual continuava sem registrar a citação do assessor da Presidência, que se tornou réu no dia 22 de junho, quando o juiz federal Marcus Vinicius Reis Bastos, 12ª Vara de Justiça Federal, do Distrito Federal, aceitou denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal.

- Advertisment -spot_img