quinta-feira, maio 13, 2021
Home Investimentos ESG, mercado imobiliário, Suíça, França e Canadá: 26 BDRs de ETFs estreiam...

ESG, mercado imobiliário, Suíça, França e Canadá: 26 BDRs de ETFs estreiam na B3 na próxima 2ª feira

PIMCO

SÃO PAULO – A partir da próxima segunda-feira, 3 de maio, estreiam para negociação na B3 26 BDRs lastreados em cotas de fundos de índices (ETFs, na sigla em inglês) internacionais da BlackRock.

A lista inclui fundos de países que ainda não faziam parte do portfólio à disposição na Bolsa local, como Suíça, França, Austrália e Canadá, além de um produto com foco em ESG (relativo às melhores práticas ambientais, sociais e de Governança Corporativa, na sigla em inglês).

Também compõem o grupo dois BDRs de ETFs referenciados no mercado imobiliário (REIT, ou Real Estate Investment Trust), os primeiros da categoria a serem negociados na B3. Todos os BDRs têm como lastro ETFs listados nos Estados Unidos.

Confira a lista dos 26 novos BDRs de ETFs disponíveis na B3 a partir do dia 3:

Inicialmente, os produtos estarão disponíveis apenas para investidores qualificados, ou seja, aqueles com capital investido superior a R$1 milhão, mas a intenção da B3 é que sejam liberados para os investidores pessoa física em breve.

“Totalizamos 65 BDRs de ETFs listados na B3 e, desses, 23 já estão disponíveis para todas as pessoas físicas, e nossa intenção é que, em breve, todos estejam”, explica Carlos Takahashi, CEO da BlackRock no Brasil, em comunicado.

No dia 29 de março, 12 BDRs lastreados em cotas de fundos de índices (ETFs, na sigla em inglês) estrangeiros ficaram disponíveis a qualquer investidor pessoa física.

Na ocasião, o público de varejo passou a ter acesso a BDRs que visam replicar o desempenho de índices de mercados emergentes (MSCI EMGMARK), do Reino Unido (MSCI UK), da Alemanha (MSCI Germany), garantir exposição à prata (Silver Trust), a ações do setor financeiro americano (US Financial) e de empresas de biotecnologia com ações negociadas na Nasdaq (NASDAQ BIOTC), entre outros.

Em fevereiro, o acesso a outros 11 BDRs lastreados em ETFs internacionais negociados na B3 já havia sido liberado para o público de varejo.

Leia também:
B3 anuncia mudanças na metodologia do índice de BDRs, com exigência de maior liquidez

Os BDRs são emitidos no Brasil, mas representam outro ativo emitido por companhias abertas, ou assemelhadas, com sede no exterior. Originalmente, o produto era referenciado apenas em ações de empresas estrangeiras.

Mudanças regulatórias promovidas em setembro pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) permitiram ao instrumento ter como referência os ETFs – fundos que se propõem a replicar grandes índices do mercado de ações ou de renda fixa –, além de garantir o acesso dos BDRs por qualquer investidor.

Quer viver de renda? Estes 3 ativos podem construir uma carteira poderosa. Assista no curso gratuito Dominando a Renda Passiva.

The post ESG, mercado imobiliário, Suíça, França e Canadá: 26 BDRs de ETFs estreiam na B3 na próxima 2ª feira appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -