sexta-feira, agosto 19, 2022
HomePolíticaEleições 2022: mulheres representam 55% do eleitorado de Juiz de Fora, que...

Eleições 2022: mulheres representam 55% do eleitorado de Juiz de Fora, que tem mais de 418 mil pessoas aptas a votar; veja o perfil completo

As mulheres são a maioria no eleitorado de Juiz de Fora para as Eleições 2022. A cidade tem 418.213 pessoas aptas a votar nas eleições de outubro, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A quantidade é 5,12% maior do que 2018 e é a primeira vez que a cidade tem mais 400 mil eleitores para escolha de presidente, governador, senadores e deputados.

Em relação à faixa etária, a maior parte dos eleitores têm entre 40 e 44 anos. No que diz respeito ao grau de instrução, a maioria das pessoas aptas a votar na cidade têm ensino médio completo, 28,87%. E, ainda, em relação ao estado civil, quase metade dos eleitores é solteiro.

O g1 pesquisou o levantamento do TSE e traçou o perfil completo do eleitorado de Juiz de Fora para as Eleições 2020 quanto ao gênero, faixa etária, grau de instrução e estado civil. Os dados também trazem as informações relacionadas a pessoas com uso do nome social, com deficiência e a evolução do eleitorado. (Veja o levantamento completo abaixo).

Gênero
A maioria do eleitorado de Juiz de Fora é composto por pessoas do sexo feminino. Ao todo, são 228.332 mulheres, o que corresponde a 55%. O levantamento do TSE traz que 45% são do sexo masculino, o que representa 189.825 eleitores.

A cidade conta com 184 eleitoras e eleitores com nome social aptos a votar no pleito deste ano.

Faixa etária
Em 2022, a maioria do eleitorado da cidade é composta por pessoas entre 40 e 44 anos, são 39.940. Em seguida, aparecem os eleitores com idades entre 30 e 34 anos, com 39.310.

O número de pessoas idosas, ou seja, com 60 anos ou mais, aptas a votar nessas eleições em Juiz de Fora é de 112.432. O total de adolescentes com 16 e 17 anos habilitados a participarem do pleito é 3.746. O eleitorado adulto, de 18 a 59 anos, conta com 302.035 pessoas.

Se dividirmos os eleitorado de Juiz de Fora em percentuais temos que 72,22% são adultos, 26,88% idosos e 0,9% adolescentes.

Grau de instrução
A maioria do eleitorado de Juiz de Fora tem ensino médio completo, são 120.741 pessoas, o que equivale a 28,87%. Em seguida, aparecem os eleitores com ensino fundamental incompleto, que totalizam 88.389, um percentual de 21,13, e, depois, aqueles com ensino superior completo, que são 82.313, que corresponde a 19,68%.

Estado Civil
O levantamento TSE também aponta o perfil do eleitorado de Juiz de Fora de acordo com o estado civil. Quase metade das pessoas aptas a votar na cidade são solteiras, 49%, seguidas pelas casadas, que são 39%, e as divorciadas, 6%.

Eleitorado com deficiência
Juiz de Fora tem 2.285 pessoas com deficiências aptas a votar na eleição de outubro deste ano. A maioria dos eleitores deste grupo apresenta deficiência de locomoção, 976. Em seguida, estão os eleitores com deficiência visual, que são 391.

Também fazem parte do grupo pessoas com deficiência auditiva (302) e para o exercício do voto (183). Além disso, outros 668 eleitores relataram deficiências que não foram especificadas no levantamento divulgado pelo TSE.

Evolução do eleitorado
O número de pessoas aptas a votar neste ano em Juiz de Fora cresceu 5,12% em relação a 2018. Em 2022, são 418.213 eleitores, enquanto no pleito anterior eram 397.841. Esta é primeira vez que a cidade tem mais 400 mil eleitores para escolha de presidente, governador, senadores e deputados.

Brasil tem número recorde de eleitores
De acordo com o levantamento divulgado pelo TSE, 156,4 milhões de eleitores estão aptos a votar nas eleições de outubro, número recorde na história eleitoral do país. São 9,1 milhões de eleitores a mais que em 2018 (crescimento de 6,21%).

Contribuíram para esse aumento os jovens de 16 e 17 anos e as pessoas com mais de 70. A quantidade de eleitores dessas faixas etárias — que não são obrigados a votar — aumentou em relação à eleição de 2018.

Após uma intensa campanha do TSE que envolveu influenciadores digitais, artistas e políticos, o eleitorado de jovens de 16 e 17 anos cresceu 51,13%. Essa faixa etária registrou 716.164 eleitores a mais que em 2018.

Houve ainda um aumento significativo dos eleitores com mais de 70 anos. Agora, são 14,8 milhões, o que representa 2,8 milhões (23,82%) a mais que no último pleito.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img