segunda-feira, março 1, 2021
Home Economia Startup de vinhos registrou crescimento de 315% em 2020

Startup de vinhos registrou crescimento de 315% em 2020

O mercado de vinhos ganhou uma renovação nos últimos anos com a chegada de diversas empresas de tecnologia dispostas a aprimorar a experiência dos consumidores. É o caso da startup de vinhos vendidos em caixinha Fabenne, que investiu nas vendas online e fechou 2020 com faturamento de 4 milhões de reais, um crescimento de 315% na comparação com o ano anterior.

De olho nas mudanças de hábitos que a quarentena trouxe, a startup fechou o ano passado com 40.000 bags vendidas, que se traduzem em 800 mil taças – o dobro do obtido pela marca em 2019. Os acessos ao site cresceram três vezes, alcançando aproximadamente 3.000 visitantes diários. Para 2021, os planos da Fabenne são ainda mais ambiciosos e buscam um crescimento de 500%, algo em torno de 16 milhões de reais.

A oferta de vinhos em caixinha é comum em países em que o mercado é mais maduro, como Estados Unidos, França e Austrália. Além de oferecer ao consumidor a possibilidade de consumir a bebida em doses diárias por até 30 dias após aberto, sem perder a qualidade, as embalagens bag-in-box são eco-friendly e mais econômicas do que as garrafas tradicionais.

- Advertisment -