domingo, julho 3, 2022
HomePolíticaDireção do PTB-SP denuncia prisão de Jefferson a corte de direitos humanos

Direção do PTB-SP denuncia prisão de Jefferson a corte de direitos humanos

O diretório estadual do PTB em São Paulo denunciou a prisão do presidente nacional do partido, o ex-deputado Roberto Jefferson, à Corte Interamericana de Direitos Humanos, sediada na Costa Rica. O peça é assinada pelo empresário Otávio Fakhoury, que comanda o PTB-SP e é investigado no inquérito das fake news.

No documento, Fakhoury e Flávio Beall, vice-presidente do diretório, apontam o que consideram ser arbitrariedades cometidas pelo Supremo Tribunal Federal na prisão do dirigente. Para o empresário, a ordem de prisão emitida pelo ministro Alexandre de Moraes deveria ter sido apreciada pelos demais integrantes da corte. 

“O erro já começa aí. Depois, emitir opinião não é crime. Estão tentando calar a boca de quem tem pareceres contrários. Isso é censura; é cercear a liberdade. Não permitiremos isso. Estamos aqui hoje não só pelo Roberto Jefferson mas também por todos os brasileiros que são contra a censura prévia”, afirma Fakhoury, que foi à Costa Rica protocolar o pedido, em nota.

Na quarta-feira, 18, enquanto Fakhoury estava na Costa Rica, a direção do PTB fez um ato de desagravo a Roberto Jefferson em um evento que contou com a presença do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro.

- Advertisment -spot_img