segunda-feira, março 8, 2021
Home Brasil Petrobras considera abusiva greve contra venda da Refinaria Landulpho Alves

Petrobras considera abusiva greve contra venda da Refinaria Landulpho Alves

A Petrobras (PETR3; PETR4) considera abusiva a greve anunciada pela Federação Única dos Petroleiros (Fup) para a próxima quinta-feira (18) na Refinaria Landulpho Alves (Rlam), um protesto contra a venda da unidade para o fundo de investimento árabe Mubadala. A estatal informou que tomará todas as medidas administrativas e jurídicas cabíveis.

“A Petrobras foi notificada, em 14/02, pelo Sindipetro-BA, sobre a intenção de realizar um movimento grevista a partir das 00:01h do dia 18/02, na refinaria Landulpho Alves (RLAM). De acordo com a notificação, o motivo alegado para a paralisação é o processo de desinvestimento da Rlam. A companhia ressalta que uma greve com essa motivação não preenche os requisitos legais para o exercício do direito de greve”, afirmou a Petrobras em nota ao Broadcast.

Segundo a companhia, decisões recentes do Tribunal Superior do Trabalho (TST) confirmam o entendimento de que uma greve só é legítima quando está relacionada à reivindicação de direitos dos trabalhadores, como salário e benefícios; caso contrário, é considerada abusiva.

Ainda de acordo com a estatal, “a venda da Rlam não acarretará nenhuma perda de direito ou vantagem trabalhista para os empregados da Petrobras”.

A Fup argumenta que a venda da refinaria vai resultar em demissões e alta nos preços dos combustíveis, criando um monopólio regional em substituição ao monopólio da Petrobras.

Já a empresa disse que garantiu que todos os empregados que optarem por permanecer na Petrobras serão realocados em outros ativos e áreas da companhia, e que não haverá demissões por justa causa, compromisso firmado no atual Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2022, e por este motivo não haveria sentido em associar a venda da Rlam ao movimento grevista.

“Além disso, é importante destacar que a venda do ativo não implicará em descontinuidade das operações. Pelo contrário, novos investidores tendem a buscar potencializar as produções e ampliar investimentos, com incremento às economias locais”, avaliou a Petrobrás.

A estatal informou no início da semana passada que o fundo Mubadala fez a melhor oferta final pela Rlam, de US$ 1,65 bilhão, e deverá ser o novo dono da unidade após aprovação dos órgãos competentes.

Já pensou em ser um broker? Esta série gratuita do InfoMoney mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.

The post Petrobras considera abusiva greve contra venda da Refinaria Landulpho Alves appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -