segunda-feira, maio 10, 2021
Home Brasil Opções de Copom: a melhor forma de apostar em uma decisão “surpresa”...

Opções de Copom: a melhor forma de apostar em uma decisão “surpresa” na Selic

(CONDADO DA FARIA LIMA) – Como toda segunda-feira de reunião de Copom, o Coffee & Stocks falará do que está precificado no empolgante mundo das opções de Copom, que hoje está cada vez mais acessível aos investidores pessoa física.

Confira no vídeo acima (ou em nosso canal no youtube) a conversa completa com o broker da mesa institucional da XP, Anibal Furuguem. Abaixo, um passo a passo para você entender o mercado de opções e como você pode usar este mercado a seu favor:

Resumindo o mercado de opções de Copom: cada contrato indica uma possível decisão sobre a Selic (queda, alta ou manutenção do juro) e todos esses contratos vencem no dia da respectiva reunião. Os contratos são negociados entre R$ 0,01 e R$ 99,99, onde cada centavo indica a probabilidade deste evento acontecer (ou seja, um contrato de R$ 80,00 indica 80% de probabilidade daquele evento acontecer). O contrato que “acertar” o que o Copom definiu passará a valer R$ 100,00 na quinta-feira (pregão pós-Copom).

Os contratos são negociados direto no homebroker e são negociados em lotes de 100 contratos. Ou seja, se você comprar 1 unidade de uma opção que custa R$ 30,00, irá desembolsar R$ 3.000,00 (30 por opção x 100 contratos). E se essa opção “acertar” a decisão do Copom, ela passará a valer R$ 100,00 no dia seguinte da decisão – ou seja, seus R$ 3.000,00 virarão R$ 10.000,00 (a conta não considera os custos operacionais e o imposto de renda, que é de 15% sobre o lucro da operação).

O que está precificado hoje? A grande expectativa para a reunião desta quarta-feira (5) é que o Copom suba a Selic de 75 pontos-base, levando-a para 3,5% ao ano. Essa grande chance está bem precificada nas opções de Copom, já que o contrato correspondente a esta alta, o CPMK21C100750 (veja abaixo como é a composição do código das opções de Copom), está negociado a R$ 91,00 – ou seja, o mercado estima 91% de chance da Selic subir 75 pbs.

Como eu posso lucrar com isso? Durante o vídeo, comentamos sobre uma estratégia para um investidor de perfil arrojado, que pode colocar uma pequena quantia do capital em uma das opções com menor chance de acontecer: caso ela não aconteça (o que é o mais provável), a perda é limitada à quantia que investiu, mas caso essa decisão inesperada aconteça, esse contrato pode ter uma grande valorização.

Pegando um dos exemplos comentados no vídeo: a opção CPMK21C100500, que aposta que o Copom subirá os juros em 50 pontos-base, fechou o último pregão a R$ 2,00. Se você comprar 1 unidade, levará 100 contratos desta opção, desembolsando R$ 200,00.

Caso o Copom não surpreenda o mercado e suba a Selic em 75 pbs, estes R$ 200,00 “virarão pó” e você perde tudo. Agora, caso o Comitê anuncie uma alta inesperada de 50 pontos, esse contrato passará a valer R$ 100,00 na quinta-feira e seu capital investido saltará para R$ 10.000,00

Importante: a conta acima não considera os custos operacionais (corretagem + taxas da bolsa) e, caso você tenha lucro, 15% desse ganho vira Imposto de Renda.

Código das opções de Copom

Você pode comprar as opções de Copom direto no seu homebroker, mas atente-se à quantidade de caracteres: cada contrato tem 13 letras e números na sua composição.

Pegando como exemplo o contrato com maior probabilidade de ocorrer nesta semana, o CPMK21C100750. A composição é:

CPM = é o nome da opção, e nunca muda. Designa Copom.

K = mês da reunião de acordo com a linguagem da B3. As letras são as mesmas que as usadas nos contratos futuros. Neste caso, maio.

21 = ano da reunião. Neste caso, 2021.

C = tipo da reunião (C para ordinária, P para extraordinária). Como não temos uma reunião extraordinária desde 2002, o mais comum é vermos os contratos com a letra C.

100750 =os 6 últimos números vão indicar qual é a “aposta” desta opção para a decisão do Copom. A dinâmica é simples: os números partem de 100000 (cem mil), onde 100000 indica “manutenção da Selic”, e qualquer número acima disso sinaliza alta da Selic, e qualquer número abaixo de 100000 sinaliza queda. No exemplo acima (100750), o contrato indica alta de 75 pontos-baseA opção que sinaliza alta de 50 pontos-base teria no final 100500, enquanto um contrato que indica queda de 25 pbs teria no final 099750.

Como comprar?

A compra de uma opção de Copom tem o mesmo processo de uma opção de ação. O investidor precisa abrir o home broker, digitar o código e comprar. A diferença está na quantidade negociada: no caso da opção de Copom, é possível apenas comprar em lotes de 100. 

The post Opções de Copom: a melhor forma de apostar em uma decisão “surpresa” na Selic appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -