sexta-feira, junho 18, 2021
Home Brasil Ibovespa Futuro opera entre perdas e ganhos com mercado em compasso de...

Ibovespa Futuro opera entre perdas e ganhos com mercado em compasso de espera por inflação nos EUA; DIs sobem após IPCA

mercado bolsa índices alta ações gráfico analista trader

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro abre entre perdas e ganhos nesta quarta-feira (9) depois do índice à vista ter interrompido uma sequência de oito altas no pregão anterior. No radar, os investidores seguem à espera dos dados de inflação nos Estados Unidos que saem amanhã.

Na China, o índice de preços ao produtor subiu 9% em maio em comparação com um ano antes, frente à expectativa de analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters de alta de 8,5%. Essa foi a maior alta anual dos preços ao produtor em maio em mais de 12 anos devido à alta dos preços de commodities, destacando pressões inflacionárias globais no momento em que as autoridades estão tentando revitalizar o crescimento após o impacto da Covid-19.

Às 9h15 (horário de Brasília), o contrato futuro do Ibovespa com vencimento em junho de 2021 tinha leve baixa de 0,12%, a 129.850 pontos.

Enquanto isso, o dólar comercial opera em leve variação positiva de 0,06% a R$ 5,037 na compra e a R$ 5,038 na venda. Já o dólar futuro com vencimento em julho registra baixa de 0,14% a R$ 5,041.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 sobe cinco pontos-base a 5,16%, o DI para janeiro de 2023 tem alta de sete pontos-base a 6,77%, o DI para janeiro de 2025 avança três pontos-base a 7,79% e o DI para janeiro de 2027 registra variação positiva de dois pontos-base a 8,31%.

A alta dos juros ocorre após a divulgação do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que subiu a 0,83% em maio de 2021 na comparação com abril, conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Essa foi a maior taxa para o mês desde 1996, quando atingiu 1,22%. De acordo com projeções compiladas pela Refinitiv, a expectativa era de alta de 0,71% na comparação com abril de 2021 e de 7,93% frente maio de 2020.

Voltando ao exterior, o Banco Mundial elevou sua previsão de crescimento para a economia global em 2021 dos 4% previstos em janeiro para 5,6%. Mesmo assim, a produção global deverá ser, no final do ano, 2% menor do que o projetado antes do início da pandemia para o período.

No mercado de commodities, o minério de ferro subiu cerca de 4% no mercado futuro da Dalian, na China. De acordo com a Reuters, os investidores mostram preocupações com o nível de oferta do metal.

Covid no Brasil

Na terça (8), a média móvel de mortes por Covid em 7 dias no Brasil ficou em 1.714, queda de 6% em comparação com o patamar de 14 dias antes. Em apenas um dia, foram registradas 2.693 mortes, o maior registro desde 5 de maio, em parte devido à contabilização de dados que ficaram represados durante o feriado prolongado.

As informações são do consórcio de veículos de imprensa que sistematiza dados sobre Covid coletados por secretarias estaduais de Saúde no Brasil, que divulgou, às 20h, o avanço da pandemia em 24 h.

A média móvel de novos casos em sete dias foi de 58.990, queda de 10% em relação ao patamar de 14 dias antes. Em apenas um dia foram registrados 52.691 casos. Chegou a 50.953.709 o número de pessoas que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid no Brasil, o equivalente a 24,06% da população. A segunda dose foi aplicada em 23.303.559 pessoas, ou 11% da população.

No domingo à noite foi inserido um arquivo no sistema do TCU (Tribunal de Contas da União) que afirma que haveria uma supernotificação de mortes por Covid, com o nome do auditor Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques como autor.

Horas depois, o texto foi citado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como uma suposta conclusão pelo TCU de que o número de vítimas da pandemia seria 50% menor. A Corte desmentiu o presidente, e afirmou que o documento é uma “análise pessoal” do servidor, cujo envolvimento na elaboração do texto será investigado pelo TCU. A CPI da Covid do Senado sinalizou na terça que pretende convocar o auditor.

Além disso, documento sigiloso enviado pelo Itamaraty à CPI revela que, 15 dias após ataques do presidente Bolsonaro à China, em maio, a SinoVac, parceira do Instituto Butantan para a produção de vacinas, cobrou, em reunião em Pequim, mudanças na posição do governo.

A mudança na postura do governo Bolsonaro foi tratada como condição para o envio de insumos para produção da vacina CoronaVac, segundo informações publicadas em reportagem de capa da edição desta quarta do jornal O Globo. A informação contraria a versão do governo de que a postura do presidente não teria prejudicado negociações com a China.

Em nova fala à CPI na terça-feira, o atual ministro da Saúde, cardiologista Marcelo Queiroga, disse desconhecer a atuação de um grupo alternativo de aconselhamento ao presidente Jair Bolsonaro para o combate à pandemia de Covid-19, o chamado gabinete paralelo.

Mais incisivo do que em seu primeiro depoimento à CPI, Queiroga afirmou que não há evidências comprovadas da eficácia de medicamentos como a cloroquina no tratamento da Covid e defendeu, reiteradas vezes, que a solução para a pandemia passará pela vacinação.

No entanto, o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito, Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou que a comissão já tem elementos “suficientes” e tem recebido mais provas para atestar a existência do gabinete paralelo. O gabinete teria atuado em defesa do uso da cloroquina como prevenção e tratamento da Covid-19, e levantado dúvidas sobre a eficácia de vacinas.

Sobre os imunizantes, disse que trabalha com a preferência de compra da ButanVac, caso a vacina obtenha aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), no lugar da aquisição de um lote adicional de mais 30 milhões de doses da CoronaVac.

Ambas são produzidas pelo Instituto Butantan, mas a primeira seria desenvolvida independentemente, enquanto que a segunda é uma parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Queiroga também afirmou que partiu dele a decisão de não nomear a infectologista Luana Araújo para a Secretaria Especial de Combate à Covid-19 que criou ao assumir a pasta.

A informação contradiz o depoimento de Luana Araújo à CPI, que foi convidada por Queiroga para o cargo, no qual chegou a trabalhar por dez dias mesmo sem nomeação. À CPI, ela relatou que foi informada pelo próprio ministro que seu nome não teria sido aprovado pelo Palácio do Planalto.

Mas Queiroga disse à CPI que não houve “óbice formal” ao nome da médica por parte da Casa Civil ou da Secretaria de Governo, órgãos que rotineiramente analisam indicações no Executivo federal. A desistência da nomeação de Luana Araújo deveu-se, segundo o ministro, ao entendimento dele de que o perfil da infectologista não iria contribuir para “harmonizar” as discussões na classe médica.

Queiroga também garantiu à CPI que a realização da Copa América no Brasil não trará riscos adicionais ao país. O governo brasileiro assumiu a realização do evento esportivo, com início marcado para o próximo domingo, depois de a Argentina ter se recusado a realizá-lo em meio à escalada da pandemia, e a Colômbia ter sido descartada como sede devido a protestos que ocorrem por conta da gestão do governo local sobre a pandemia.

Queiroga afirmou que pediu ao departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde que fizesse uma revisão sistemática da literatura científica, e que também avaliou os protocolos de segurança fornecidos pelos organizadores do campeonato.

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, decidiu convocar para a quinta-feira uma sessão extraordinária do plenário virtual para decidir a respeito de ações que questionam a realização da Copa América no Brasil.

Questionado pelo relator Renan Calheiros sobre a postura do presidente Jair Bolsonaro, que tem participado de atos com concentração de pessoas, muitas vezes sem máscara, Queiroga disse que não cabe a ele, como ministro da Saúde, julgar os atos do presidente.

O ministro disse se empenhar pessoalmente em recomendar o uso de medidas não farmacológicas a todos os brasileiros sem exceção, e confirmou ter conversado com Bolsonaro sobre o tema. Segundo Queiroga, na maioria das vezes em que esteve reunido com o presidente, Bolsonaro usava máscara.

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), entrou com habeas corpus no STF para não comparecer à CPI da Covid do Senado, pela qual foi convocado para prestar depoimento na quinta. A defesa do governador pede para não comparecer à comissão sob o argumento de separação dos Poderes.

Endereços ligados a Lima foram alvos recentemente de mandados de busca e apreensão em uma operação da Polícia Federal que investiga eventuais desvios de recursos federais para o enfrentamento à pandemia de coronavírus. Lima é o primeiro da lista de governadores que foi convocado para comparecer à CPI. Caberá à ministra Rosa Weber decidir sobre o pedido.

Se não for possível deixar de comparecer, a defesa de Lima pede que ele possa depor com o direito de permanecer em silêncio e não se autoincriminar sobre investigações referentes a ele.

Além disso, reportagem do jornal Valor Econômico afirma que a farmacêutica Pfizer apresentou uma nova oferta de vacinas ao governo brasileiro, dessa vez com foco em 2022, levando em conta a provável continuidade da vacinação da população brasileira. De acordo com o jornal, uma reunião deve ser realizada na próxima semana, para apresentar detalhes como volume de doses e cronograma de entregas.

Indicação ao STF e falas de Guedes

O presidente Jair Bolsonaro fez uma visita ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, no final da tarde desta terça-feira na qual conversaram sobre assuntos referentes à escolha do sucessor do decano da corte, Marco Aurélio Mello. O decano aposenta-se em 5 de julho, às vésperas de completar 75 anos de idade, e Fux pediu a Bolsonaro que o substituto de Marco Aurélio só venha a ser indicado após ele deixar o tribunal.

“O ministro Fux pediu que, por cortesia, o presidente da República aguarde a aposentadoria do Ministro Marco Aurélio Mello, que será no início de julho, antes de indicar um novo nome para o cargo”, disse nota distribuída pela assessoria de Fux.

O encontro, segundo a assessoria do presidente do STF, ocorreu após Fux chamar Bolsonaro para uma conversa depois de falarem ao telefone e terem combinado a visita que não constava nas agendas oficiais das autoridades. O encontro durou 20 minutos e ocorreu no gabinete da presidência da corte, conforme o comunicado. Por ora, o favorito para a segunda indicação de Bolsonaro ao Supremo é o atual advogado-geral da União, André Mendonça.

Atenção ainda para as falas de Paulo Guedes, ministro da Economia, na véspera sobre o auxílio emergencial. Segundo Guedes, o governo deve estender a rodada de pagamentos do auxílio emergencial aos mais vulneráveis por mais “dois ou três meses”, com a expectativa de ganhar tempo para o avanço da vacinação contra a Covid-19. Caberá ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Cidadania, João Roma, definir o prazo da renovação, disse.

Segundo Guedes, o custo mensal do auxílio é de R$ 9 bilhões. O governo já tem R$ 7 bilhões em recursos que sobraram do orçamento aprovado para as primeiras quatro parcelas do auxílio já anunciadas. O dinheiro restante – R$ 11 bilhões se a renovação for por dois meses– virá de um crédito extraordinário a ser solicitado ao Congresso.

Além disso, em evento promovido pelo Bradesco BBI, Guedes afirmou que o câmbio já passou pelo que classifica como “overshooting” e que a cotação do dólar, atualmente em torno dos R$ 5, não deve retomar os patamares elevados de anteriormente. O termo “overshooting” denota uma moeda que estaria mais desvalorizada do que o que seria sugerido pelos fundamentos da economia. “O câmbio também está se acalmando, porque nós certamente já observamos o que classificamos como ‘overshooting’. A taxa de câmbio foi a R$ 5,8, R$ 5,6, e agora recuperou-se a R$ 5. Provavelmente o câmbio não terá essa alta novamente”, disse Guedes, em inglês.

Em evento virtual do banco JPMorgan, o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, afirmou que o país deve passar por um estágio de “euforia” no consumo de serviços no segundo semestre com a reabertura da economia, a exemplo do que já tem ocorrido em países como os Estados Unidos, onde a vacinação está mais avançada.

Campos Neto destacou que a perspectiva para a inflação do setor de serviços será uma das principais questões que o Copom (Comitê de Política Monetária) vai avaliar em sua próxima reunião nos dias 15 e 16 deste mês. Ele notou que hoje, nos EUA, os consumidores estão com dificuldade para alugar carros e conseguir vagas em hotéis, por exemplo, em meio ao aumento da demanda.  “Isso te diz que há esse estágio da euforia em que as pessoas querem fazer isso, então acho que isso vai acontecer no Brasil também, e isso nos dá uma melhor perspectiva para o segundo semestre”, disse.

Ele também disse que “ao fim, o dinheiro está buscando crescimento com estabilidade fiscal. Mais recentemente nós tivemos notícias melhores sobre crescimento e notícias melhores sobre o fiscal, então é apenas razoável que esse dinheiro comece a fluir novamente para o Brasil“.

A Polícia Federal pediu ao STF o indiciamento do líder do governo Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), por uma série de crimes, entre eles de receber propina de R$ 10 milhões, na época em que foi ministro da Integração Nacional durante a gestão Dilma Rousseff entre os anos de 2012 e 2014. O senador foi indiciado pelos crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e caixa 2 de campanha. No documento encaminhado à corte, a PF também pede que o Supremo determine um bloqueio de R$ 20 milhões das contas de Bezerra Coelho. O senador se tornou líder do governo de Bolsonaro em fevereiro de 2019, logo no início da gestão, e é um dos integrantes da tropa de choque governista na CPI da Covid, da qual é titular.

Radar corporativo

Em meio às notícias da Azul em busca de comprar as operações da Latam Brasil, a Gol Linhas Aéreas  anunciou na noite de terça a aquisição da MAP Transportes Aéreos, aérea doméstica com rotas regionais e do Aeroporto de Congonhas em São Paulo, por R$ 28 milhões em dinheiro e ações. Segundo a empresa aérea, o pagamento será composto por 100.000 ações GOLL4 a R$ 28/ação e R$ 25 milhões em dinheiro a serem pagos em 24 parcelas mensais, após cumpridas todas as condições precedentes.

A Vale informou que liquidará antecipadamente passivo de cerca de US$ 2,5 bilhões referente ao project finance do Corredor Logístico de Nacala (CLN), que atende a um projeto de carvão em Moçambique. Com a liquidação, prevista para 22 de junho, a companhia disse que terá cumprido todas as condicionantes para a conclusão da compra da participação da Mitsui 8031.T na mina de carvão de Moatize e no CLN. O pagamento era necessário uma vez que as condições do project finance não permitiam que a Mitsui vendesse sua participação, segundo explicou a assessoria de imprensa.

A companhia de alimentos JBS anunciou na véspera que emitiu e precificou uma oferta de US$ 1 bilhão no mercado internacional em títulos ligados à sustentabilidade, que estão atrelados ao compromisso de redução de emissões de gases de efeito estufa pela empresa. Segundo comunicado ao mercado, as chamadas “Sustainability-Linked Unsecured Senior Notes” foram emitidas pelo valor de face de US$ 98,913, com yield de 3,75% ao ano, cupom de 3,625% ao ano e vencimento em 2032. A emissão foi realizada no mesmo dia em que a agência Fitch Ratings elevou a classificação de risco da companhia brasileira de carnes para grau de investimento.

Já segundo o jornal Valor, o empresário Benjamin Steinbruch, principal acionista e presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), está com negociações avançadas para compra da Cimento Elizabeth, que tem fábrica no Estado da Paraíba. A cimenteira pertence ao fundo Farallon, que recebeu o ativo como pagamento de dívidas da família Crispin, dona da Cerâmica Elizabeth. O valor do negócio pode variar de US$ 200 milhões a US$ 250 milhões – pelo tamanho da unidade fabril, qualidade do ativo, mercado na região Nordeste e grau de concorrência, de acordo com fontes ouvidas pelo jornal. Uma fábrica nova, de 1 milhão de toneladas de capacidade, custa pelo menos US$ 230 milhões.

A produção de barris de petróleo da PetroRio teve queda de 4,88% em maio frente abril, totalizando produziu 30.013 barris no mês passado. A companhia destacou que “a produção do Campo de Frade no mês de maio foi impactada por uma parada programa da para manutenção no FPSO Frade, finalizada em 7 de maio”.

A Dommo Energia informou que a sua produção de petróleo do Campo de Tubarão Martelo (TBMT) subiu 3,43% em maio na comparação com abril, totalizando 44.201 barris. “Conforme informado pelo operador do TBMT, desde fevereiro, a produção está sendo impactada pela parada na produção do poço TBMT-8H, por falha da bomba centrífuga submersa (BCS), que estava em operação desde o início da produção do Campo, causando redução da produção em cerca de 1,4 kbbld. A sonda Kingmaker foi mobilizada para a realização de workover na bomba, com conclusão prevista para meados de junho”, apontou.

O relator da medida provisória de privatização da Eletrobras no Senado, Marcos Rogério (DEM-RO), afirmou em entrevista coletiva na terça após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que se comprometeu com o governo federal a apresentar seu parecer ainda nesta semana, acrescentando que espera votá-lo no máximo até o início da próxima.

(com Reuters e Estadão Conteúdo)

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

The post Ibovespa Futuro opera entre perdas e ganhos com mercado em compasso de espera por inflação nos EUA; DIs sobem após IPCA appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -