sábado, junho 19, 2021
Home Brasil Ibovespa fecha em alta de 1%, bate máxima histórica e analistas dizem...

Ibovespa fecha em alta de 1%, bate máxima histórica e analistas dizem ser razoável pensar nos 130 mil pontos

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em alta nesta sexta-feira (28), renovando máxima histórica, a 125.561 pontos, ao bater o recorde anterior, do dia 8 de janeiro, quando fechou aos 125.076 pontos. Na semana, o benchmark avançou 2,42%, em dias marcados por muita ansiedade antes do dado de inflação que foi divulgado hoje nos Estados Unidos, e que afinal não foi capaz de conter o otimismo gerado por declarações de dirigentes do Federal Reserve.

Nesta sexta, o núcleo do PCE mostrou que a inflação nos EUA cresceu a 0,6% em abril, em linha com o projetado pelos economistas segundo dados compilados pela Refinitiv. Enquanto isso, o núcleo do PCE, que exclui alimentos e combustíveis, avançou a 0,7%, acima dos 0,6% estimados.

Segundo Roberto Attuch, CEO da Ohmresearch, apesar do dado sair um pouco pior que o esperado, foi melhor do que se temia, uma vez que não fugiu muito das previsões. “Estamos saindo de um evento que acontece a cada 100 anos, então o mercado não se importou tanto com o número alto e continua comprando o discurso do Fed de que a inflação é transitória”, analisa.

Vale lembrar que na terça (25), o vice-presidente do Fed, Richard Clarida, disse que o banco central dos EUA pode conter um surto de inflação, caso ocorra, sem que a recuperação seja prejudicada.

Na mesma linha de Attuch, a Levante Ideias de Investimento comenta que apesar de a inflação americana ter vindo acima do esperado, os preços não registraram uma explosão em abril, como era temor de boa parte dos investidores. “Isso, e o fato de que a segunda-feira é um feriado nos EUA, amorteceu o impacto da notícia. As notícias são positivas para a Bolsa em um cenário de volatilidade”, escreve a equipe de análise da Levante.

Para Bruno Komura, estrategista de renda variável da Ouro Preto Investimentos, é possível manter a Bolsa nesse patamar de máxima histórica porque as commodities devem continuar puxando o otimismo, ao mesmo tempo em que a recuperação de vendas do varejo e de outros indicadores mostram melhora no ambiente econômico doméstico.

De acordo com Komura, uma fonte de preocupação seria a confirmação de uma terceira onda de disparada de casos e mortes pela Covid-19, mas que cada vez mais o impacto na economia tem sido menor. “Em eventual terceira onda, as restrições à mobilidade e à atividade talvez não sejam tão fortes assim.”

Sobre commodities, o estrategista enxerga demanda forte da China, aquecimento da economia dos EUA devido aos programas do governo Joe Biden e reabertura dos mercados europeus por conta do avanço na vacinação, ao mesmo tempo em que o real depreciado continua favorecendo muito o exportador.

“A conjuntura favorece bastante as ações ligadas a commodities. Mesmo com o esforço da China em suavizar a alta nos preços de commodities, os fundamentos jogam a favor da manutenção dos preços de produtos básicos em patamares elevados.”

Komura entende que Vale (VALE3) e companhias de commodities agrícolas devem ter mais um ou dois trimestres de cenário muito positivo de preços. “Acho que essa euforia deve continuar e temos bastante suporte para a tese de que os mercados continuarão animados. A Bolsa pode continuar subindo sim, e problemas políticos, apesar de terem o potencial de gerar ruídos no curto prazo, já estão implícitos na precificação do índice”, explica.

Em suma, o estrategista diz ser “bastante razoável ver o Ibovespa perto dos 130 mil pontos.”

Ricardo Oliboni, chefe de mesa da Axia Investing, ressalta ainda que o ciclo de aumento nos juros aqui no Brasil torna o país mais atrativo para investidores estrangeiros, pois aumenta a rentabilidade dos ativos nacionais em relação ao que se paga lá fora. Na prática, isso significa que o real deve se valorizar aos poucos nas próximas semanas e meses.

Na análise técnica, Gilberto Coelho, analista da XP, destaca que com o atingimento da máxima histórica hoje, o Ibovespa projeta por Fibonacci um teste dos 130 mil pontos até 145 mil pontos, que coincidentemente é a projeção da equipe fundamentalista da corretora para o índice no fim do ano.

Os suportes nesse novo movimento de alta estariam nos 121 mil pontos e nos 117.630 pontos. “O padrão de volume e inclinação das médias móveis também favorece a continuidade das altas”, conclui ele.

Desempenho

O Ibovespa subiu 0,96% a 125.561 pontos nesta sexta. Com isso, foi superada a máxima histórica anterior, atingida em 8 de janeiro, quando o benchmark encerrou o pregão cotado em 125.076 pontos. O volume financeiro negociado na B3 hoje foi de R$ 30,097 bilhões.

Enquanto isso, o dólar comercial caiu 0,82% a R$ 5,212 na compra e a R$ 5,212 na venda. Na semana, a moeda dos EUA recuou 2,63% ante o real. Já o dólar futuro com vencimento em junho registra baixa de 0,49% a R$ 5,214 no after-market.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 subiu cinco pontos-base a 5,03%, o DI para janeiro de 2023 teve alta de um ponto-base a 6,59%, o DI para janeiro de 2025 caiu cinco pontos-base a 7,83% e o DI para janeiro de 2027 recuou quatro pontos-base a 8,46%.

Destaques internacionais

A administração do presidente Joe Biden divulgou nesta sexta a proposta de orçamento para o ano fiscal de 2022, que começa em outubro. O plano, que requer aval do Congresso, mobiliza US$ 6 trilhões e prevê déficit fiscal de US$ 1,84 trilhão, uma queda em relação a US$ 3,67 trilhões em 2021. A estimativa é de que a dívida pública alcance 111,8% do PIB (Produto Interno Bruto).

Já a Organização das Nações Unidas para Aviação Civil Internacional irá investigar a ditadura de Belarus sobre o pouso forçado do avião de passageiros da aérea Ryanair visando prender um jornalista dissidente. A medida levou a indignação, mundialmente.

Na quinta, o governo russo bloqueou seu espaço aéreo para a Air France e para a Austrian Airlines, em uma retaliação após as duas empresas de aviação alterarem suas rotas de voo para evitar Belarus, um aliado da Rússia, em um protesto contra as ações do governo.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson alertou na quinta que é possível que a retirada total das restrições de mobilidade no Reino Unido, prevista inicialmente para 21 de junho, poderá ser atrasada, caso o número de registros de Covid causados pela variante detectada primeiramente na Índia dobrem nesta semana. Até terça-feira (25), o Reino Unido havia vacinado 56,53% de sua população, segundo dados oficiais compilados pelo site Our World in Data.

Na agenda econômica, foram divulgados dados sobre a confiança de empresas e consumidores na Zona do Euro, que marcaram 114,5 pontos em maio, acima da expectativa de analistas, de 112,1 pontos, e da marca de 110,5 pontos em abril.

Covid no Brasil

Na quinta (27), a média móvel de mortes por Covid em 7 dias no Brasil ficou em 1.766, queda de 8% em comparação com o patamar de 14 dias antes. Em apenas um dia, foram registradas 2.130 mortes.

As informações são do consórcio de veículos de imprensa que sistematiza dados sobre Covid coletados por secretarias estaduais de Saúde no Brasil, que divulgou, às 20h, o avanço da pandemia em 24 h.

A média móvel de novos casos em sete dias foi de 63.222, alta de 2% em relação ao patamar de 14 dias antes. Em apenas um dia foram registrados 65.672 casos. 43.936.007 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid no Brasil, o equivalente a 20,75% da população. A segunda dose foi aplicada em 21.634.953 pessoas, ou 10,22% da população.

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou na quinta-feira à CPI da Covid que em julho de 2020 foram oferecidas ao governo federal 60 milhões de doses da CoronaVac, que poderiam ter sido entregues ainda no último trimestre do ano passado. Ele afirmou ainda que o Brasil poderia ter sido o primeiro país do mundo a começar a imunização contra a Covid-19, mas não houve resposta por parte do Ministério da Saúde.

Segundo Covas, em agosto o Butantan teria pedido ainda apoio do governo federal em recursos para o estudo clínico da vacina da chinesa Sinovac no Brasil e R$ 80 milhões para reforma do laboratório para ampliar a capacidade de produção. O Butantan também ficou sem resposta neste caso.

Covas confirmou ainda que as negociações avançaram a partir de outubro, com a promessa de entrega de 100 milhões de doses, e intensas negociações entre as equipes técnicas do ministério e do instituto.

O presidente do Butantan disse que chegou a ser convidado pelo então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para um evento em que a CoronaVac seria anunciada como “vacina do Brasil”, mas que o acordo foi desfeito após declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo ele, os problemas na negociação com o ministério atrasaram o cronograma e o Brasil perdeu posição na lista de atendimento por parte da SinoVac. Isso teria levado a um atraso em todo o fornecimento e no início da vacinação, que só ocorreu em janeiro deste ano.

“O Brasil poderia ter sido o primeiro país a começar a vacinação não fossem esses percalços”, afirmou. “Poderíamos ter começado antes, seguramente, se houvesse agilidade maior de todos os atores, se tivéssemos trabalhado juntos.”

Na quinta, o presidente Jair Bolsonaro entrou com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) para barrar restrições impostas por governadores do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraná para evitar o avanço da Covid-19.

É a segunda tentativa de Bolsonaro de barrar restrições no STF. Em março, sua iniciativa fracassou. A iniciativa anterior não foi subscrita pelo então chefe da AGU (Advocacia-Geral da União), José Levi Mello, que acabou deixando o cargo. A nova ação é subscrita pelo novo chefe da AGU, André Mendonça, um dos candidatos à escolha de Bolsonaro para a vaga de ministro do Supremo.

Além disso, na quinta, o prefeito de Guarulhos, Gustavo Costa, enviou um ofício aos ministros da Defesa, Braga Netto, e da Saúde, Marcelo Queiroga solicitando o fechamento do espaço aéreo para voos comerciais pelos próximos 15 dias.

O objetivo é evitar que passageiros vindos do exterior propaguem novas cepas, como a indiana. Caso esse pedido não seja acatado, o prefeito pede a elaboração de um novo protocolo para fortalecer a barreira sanitária no aeroporto de Guarulhos, um dos mais importantes do Brasil.

O Ministério da Saúde já contabiliza 8 casos de infecções por Covid com a variante detectada primeiramente na Índia, que é mais contagiosa que a variante original.

Rating do Brasil

Na quinta, a agência de classificação de risco Fitch Ratings reafirmou o rating do Brasil em “BB-“, com perspectiva negativa. A agência destaca a deterioração das contas fiscais e o fardo da dívida diante da incerteza com a evolução da pandemia e o processo de vacinação.

A nota soberana atribuída ao Brasil pela Fitch mantém o país no grupo de maior risco de crédito, o chamado status “junk”. Moody’s (“Ba2”, perspectiva estável) e S&P (“BB-“, perspectiva estável) também classificam o rating do Brasil abaixo do grau de investimento.

“As pressões dos gastos públicos persistem e suporte fiscal adicional para lidar com as consequências da pandemia não pode ser descartado. As contínuas fragilidades fiscais, assim como o encurtamento da dívida, tornam o Brasil vulnerável a choques”, disse a Fitch em nota.

Por outro lado, a agência explicou que o rating “BB-” é sustentado, entre outros, pelas reservas internacionais robustas, alta renda per capita em relação a outros países e taxa de câmbio flexível.

A Fitch estima ainda que o Brasil crescerá 3,3% em 2021, com a expansão da atividade desacelerando a 2,5% em 2022. A base de comparação fraca após contração em 2020 e fatores externos, como os preços mais altos das commodities e a recuperação do crescimento global, sustentam a expansão deste ano, diz a Fitch.

Radar corporativo

A Afya, cujas ações são negociadas na Nasdaq, anunciou nesta quinta-feira acordo para comprar a Unigranrio, avaliando a companhia em R$ 700 milhões. O valor será pago 60% em dinheiro e o restante em quatro parcelas iguais anuais.

Maiores altas

Ativo Variação % Valor (R$)
PETR3 5.78218 26.71
WEGE3 4.84608 34.4
PETR4 4.16827 26.99
LAME4 3.45717 20.05
MGLU3 3.36907 20.25

Maiores baixas

Ativo Variação % Valor (R$)
SBSP3 -4.74374 39.96
AZUL4 -3.94442 42.86
IRBR3 -3.84615 6
GOLL4 -3.02699 26.59
EMBR3 -2.46223 17.43

Já a Ecorodovias aponta que uma eventual realização da potencial oferta restrita está sob análise da empresa e de seus acionistas, sendo que, até a presente data, não há definição sobre o volume efetivo a ser captado, o preço por
ação e o cronograma para a sua implementação.

A Dotz precificou seu IPO, levantando R$ 420 milhões e com a ação precificada a R$ 13,20. O papel começa a negociar na segunda sob o ticker DOTZ3.

Sócia da XP Investimentos oferece curso gratuito de como alcançar a liberdade financeira. Clique aqui para se inscrever.

The post Ibovespa fecha em alta de 1%, bate máxima histórica e analistas dizem ser razoável pensar nos 130 mil pontos appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -