sábado, abril 10, 2021
Home Brasil Citi proíbe calls às sextas-feiras e quer funcionários de folga

Citi proíbe calls às sextas-feiras e quer funcionários de folga

(Bloomberg) — A CEO do Citigroup, Jane Fraser, proibiu videochamadas internas às sextas-feiras e incentivou seu pessoal a tirar férias, em um esforço para combater o desânimo no ambiente de trabalho que acompanha a pandemia de coronavírus.

Fraser, que substituiu Michael Corbat no início deste ano, decretou que o último dia útil da semana será conhecido como “Zoom-Free Fridays”, de acordo com memorando interno obtido pela Bloomberg. Ela também determinou que 28 de maio será feriado para toda a organização e chamou a data de “Citi Reset Day”. O Citi é um dos maiores bancos do mundo.

O memorando pediu que os funcionários não agendem reuniões fora do que costumava ser horário de trabalho regular antes que a Covid-19 colocasse a maioria deles em home office.

“Eu sei, pelo feedback de vocês e pela minha própria experiência, que acabar com a separação entre casa e trabalho e a rotina implacável da pandemia afetaram nosso bem-estar”, escreveu a CEO no memorando, já noticiado pelo Financial News. “Simplesmente não é sustentável.”

As maiores corporações do mundo estão tentando se adaptar às mudanças de prioridades dos colaboradores ao passo que as restrições de mobilidade trazidas pela Covid-19 se prolongam. Este mês, a Ford Motor comunicou a 30.000 empregados que eles poderão continuar trabalhando de casa mesmo após o fim da pandemia. Outras empresas estão tentando trazer mais gente de volta para o escritório, incluindo estagiários, diante das dificuldades de transmitir a cultura corporativa por meio de chamadas de vídeo.

Já o Citigroup comunicou esta semana que o programa de estagiários será virtual novamente, mas restaurou o cronograma de 10 semanas depois de tê-lo reduzido para apenas cinco semanas no ano passado devido à pandemia.

Fraser acrescentou que o banco está analisando como será a rotina de trabalho a longo prazo. Para diversas funções, o Citigroup concluiu que a presença no escritório é importante para a competitividade, colaboração e mentoria de jovens funcionários, segundo ela.

Em sua maioria, as funções do Citi serão designadas como híbridas — ou seja, os colaboradores virão ao escritório pelo menos três dias por semana e trabalharão de casa até dois dias por semana.

Algumas funções — incluindo as posições que atuam em agências e centrais de dados — são classificados como residentes e precisam ser realizadas no local de trabalho. Há ainda as funções designadas como totalmente remotas, mas Fraser alertou que novas vagas deste tipo serão relativamente raras.

“Queremos que nosso pessoal se sinta conectado à nossa firma, tenha orgulho de atender nossos clientes e o dever de proteger o sistema financeiro”, afirmou Fraser. “Isso só acontece quando estamos juntos — e como todos nós já percebemos, a solidão não é uma sensação boa.”

Participe do Treinamento gratuito Scalper Pro e entenda como extrair lucro e controlar riscos na Bolsa em operações que duram minutos ou segundos! Inscreva-se aqui.

The post Citi proíbe calls às sextas-feiras e quer funcionários de folga appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -