sexta-feira, abril 23, 2021
Home Brasil Bolsas mundiais têm desempenho misto, com dados da zona do euro e...

Bolsas mundiais têm desempenho misto, com dados da zona do euro e pacote americano no radar

Os índices futuros americanos caem na sessão desta terça-feira (6), enquanto as bolsas europeias sobem e os mercados asiáticos fecharam sem direção definida.

Na segunda-feira, os índices americanos Dow Jones e S&P 500 fecharam em altas recordes, após a divulgação de dados positivos sobre desemprego no final da semana anterior.

Na sexta-feira (2), o Departamento de Emprego dos Estados Unidos reportou que a folha de pagamentos, excluindo o setor agropecuário, subiu 916 mil em março, bem acima da expectativa de 675 mil de economistas ouvidos pela Dow Jones e dos 647 mil do consenso Refinitiv.

É o maior crescimento desde agosto de 2020. A taxa de desemprego recuou de 6,2% para 6%, em linha com a expectativa de economistas ouvidos pela Dow Jones.

O otimismo também vem sendo impulsionado pelo forte ritmo de vacinação nos Estados Unidos, que imunizaram em média 3 milhões de pessoas por dia na última semana.

Nesta terça, no entanto, os índices futuros americanos têm tendência de queda. Investidores mantêm-se atentos para o noticiário sobre o pacote de investimentos em infraestrutura de US$ 2 trilhões defendido pelo presidente americano Joe Biden e a sua perspectiva de aprovação.

Biden propõe a elevação do imposto corporativo a 28%. Na segunda, o presidente democrata afirmou que não teme que a elevação afete a economia. O congressista democrata conservador Joe Manchin, da Virgína Ocidental, afirmou que se opõe à alta.

Na Ásia, os mercados fecharam na terça sem direção definida, apesar da divulgação de dados do setor de serviços da China coletados pela pesquisa do Índice do Gerente de Compras Caixin/Markit com o setor privado indicarem crescimento em março, marcando 54,3 pontos, frente aos 51,5 marcados em fevereiro. Qualquer pontuação acima de 50 indica expansão; abaixo, retração.

O índice Nikkei, do Japão, fechou em queda de 1,3%. O Kospi, da Coreia do Sul, teve alta de 0,2%.

Os mercados europeus subiram na quinta pela manhã, após o feriado de Páscoa, com as expectativas globais impulsionadas por dados econômicos positivos nos Estados Unidos e na China.

Todos os setores, com exceção de telecomunicações, têm altas, com destaque para o de recursos básicos, que lidera os ganhos com alta de 2,5%.

O foco do noticiário financeiro europeu é sobre a saída de funcionários de alto nível, e cortes em bônus e dividendos do banco suíço Credit Suisse. O banco anunciou perdas de US$ 4,7 bilhões em decorrência da desalavancagem forçada de mais de US$ 20 bilhões de posições ligadas à empresa de investimentos Archegos, do bilionário Bill Hwang.

O movimento se iniciou na semana retrasada, após a oferta de US$ 3 bilhões em ações da ViacomCBS por meio dos bancos Morgan Stanley e JPMorgan naufragar, levando a forte desvalorização dos papéis. Isso desencadeou uma série de eventos que levou corretores a serviço da Archegos a se retirarem em massa de suas posições, em uma liquidação de ações no valor de mais de US$ 20 bilhões.

A onda vendedora atingiu ações de empresas como Baidu e ViacomCBS, enquanto Nomura e Credit Suisse divulgaram que enfrentam perdas potencialmente significativas devido à sua exposição. Agora, o Credit Suisse diz esperar prejuízos antes de impostos de cerca de 900 milhões de francos suíços, o equivalente a US$ 960,4 milhões.

As apostas de Hwang ainda não estão claras, mas participantes do mercado estimam que seus ativos tenham aumentado de US$ 5 bilhões para US $ 10 bilhões nos últimos anos, e que as posições totais possam superar US$ 50 bilhões. Por isso, a rápida venda de derivativos pela Archegos tem tido tanto impacto sobre mercados globais.

Os investidores também repercutem a divulgação de dados da zona do euro. Às 5h30 foi divulgado o índice de Confiança do Investidor Sentix, relativo a abril na Zona do Euro, que marcou 13,1 pontos, acima da projeção de 7,5 pontos e do patamar anterior, de 5 pontos. Às 6h, foi divulgada a taxa de desemprego na Zona do Euro em fevereiro, que marcou 8,3%, resultado pior do que a projeção de 8,1%, e estável em relação ao indicador anterior. Nesta terça, o Fundo Monetário Internacional (FMI) divulga o seu relatório sobre Perspectivas da Economia Global e Estabilidade Financeira.

Veja o desempenho dos principais indicadores às 6h30 (horário de Brasília):
*S&P 500 Futuro (EUA), -0,2%
*Nasdaq Futuro (EUA), -0,23%
*Dow Jones Futuro (EUA), -0,12%
Europa
*Dax (Alemanha), +0,94%
*FTSE 100 (Reino Unido), +1,16%
*CAC 40 (França), +0,59%
*FTSE MIB (Itália), +0,68%
Ásia
*Nikkei (Japão), -1,3% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), +1,97% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), +0,2% (fechado)
*Shanghai SE (China), -0,04% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, +2,4%, a US$ 60,06 o barril
*Petróleo Brent, +2,32%, a US$ 63,59 o barril
*Bitcoin, +1,71%, a US$ 58.837,09
Sobre o minério: **Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 0,61%, cotados a 971 iuanes, equivalente hoje a US$ 148,21 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,55

Entenda o método para realizar análises e não se perder em momentos turbulentos. A série gratuita One Good Trader, com Gilberto Coelho, te ensina como – inscreva-se!

The post Bolsas mundiais têm desempenho misto, com dados da zona do euro e pacote americano no radar appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -