sexta-feira, abril 16, 2021
Home Brasil Bolsas mundiais operam sem direção definida com investidores à espera da reunião...

Bolsas mundiais operam sem direção definida com investidores à espera da reunião do Federal Reserve

The businesswoman in glasses standing near the display

Os índices futuros americanos Dow e S&P têm leves quedas nesta quarta-feira (17), enquanto o Nasdaq Futuro oscila positivamente. Investidores aguardam pelo resultado da reunião de dois dias do Fed, a serem divulgados às 15h (horário de Brasília). Às 15h30, o presidente da instituição, Jerome Powell, concede entrevista coletiva.

As bolsas asiáticas tiveram desempenhos variados entre si, enquanto as bolsas europeias têm, em sua maioria, quedas.

O Fed deve divulgar sua perspectiva para a economia e para as taxas de juros nesta quarta, indicando se os especialistas do banco central pretendem elevá-las até 2023, ou antes.

Com o lançamento do pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão pelo governo do democrata Joe Biden e a vacinação acelerada nos Estados Unidos, a expectativa é de que o Fed reconheça a perspectiva de crescimento mais forte da economia. Isso pode levar o banco central a alterar suas políticas quanto a compra de papéis e taxa de juros.

Segundo dados oficiais compilados pelo site Our World in Data, até o dia 15 de março 32,62% da população dos Estados Unidos havia sido vacinada. De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa que compila dados sobre o Brasil, 4,76% da população do país havia sido vacinada até então.

Além disso, o aumento do rendimento de juros de títulos do Tesouro americano com vencimento em entre dez e 30 anos tem fortalecido a expectativa de que o Fed eleve a sua taxa de juros referencial.

Os títulos com vencimento em dez anos têm mantido rendimento em torno de 1,6%, o que traz o temor de que investidores migrem do mercado acionário para o de títulos, considerado mais seguro por ser garantido pelo governo, que tem o poder de elevar impostos, caso necessário.

A reunião do Fed ocorre antes daquela de outros bancos centrais importantes. O Banco da Inglaterra e o Banco do Japão devem realizar reuniões na próxima quinta (18).

As bolsas asiáticas fecharam com desempenhos variados entre si, também à espera das conclusões da reunião do Fed.

As bolsas europeias têm em sua maioria leves quedas. O índice Eurostoxx, que reúne papéis de 600 empresas dos principais setores de 17 países europeus, tem queda de 0,24%.

Investidores também se mantêm atentos para o preço do petróleo, que teve quedas na terça-feira, após diversos países europeus suspenderem a aplicação da vacina desenvolvida em parceria entre AstraZeneca e Universidade de Oxford. Entre eles estão Alemanha, Espanha, França, Itália e Suécia.

Investidores estão receosos quanto à perspectiva de recuperação mais lenta da demanda por combustível com a queda no ritmo de vacinação. Nesta quarta, o barril tipo Brent recua 0,41%.

O temor acontece apesar de a União Europeia e a Organização Mundial de Saúde já terem deixado claro que os dados disponíveis indicam que a vacina é segura, e que os benefícios para a saúde são mais fortes do que os potenciais riscos.

Especialistas têm ressaltado que a proporção de pessoas que desenvolveram coágulos após tomar a vacina não é maior do que a proporção entre a população em geral, de acordo com os dados disponíveis até o momento.

Em uma declaração, a Agência Médica Europeia ressaltou que “muitas milhares de pessoas desenvolvem coágulos sanguíneos todo ano na União Europeia, por diversos motivos”, e que o número de incidentes entre aqueles vacinados “não parece ser mais alto do que o observado na população em geral”.

Assim, “os benefícios da vacina da AstraZeneca em evitar a Covid-19, com seu risco associado a hospitalização e morte, supera os riscos de efeitos adversos”.

O cientista-chefe da OMS (Organização Mundial de Saúde), Soumya Swaminathan afirmou na segunda: “nós não queremos que as pessoas entrem em pânico, e recomendaríamos, neste momento, que os países continuem se vacinando com a AstraZeneca”.

Além disso, o resultado da eleição geral na Holanda deve ser divulgado na noite desta quarta.

A expectativa é de que o atual primeiro ministro, Mark Rutte, obtenha seu quarto mandato. Mas não assentos o suficiente para que seu partido, o VVD (Partido Popular para Liberdade e Democracia), governe sozinho. A formação de uma coalizão pode demorar mais tempo.

Veja o desempenho dos principais indicadores às 6h20 (horário de Brasília):
*S&P 500 Futuro (EUA), -0,02%
*Nasdaq Futuro (EUA), +0,4%
*Dow Jones Futuro (EUA), -0,16%
Europa
*Dax (Alemanha), +0,05%
*FTSE 100 (Reino Unido), -0,37%
*CAC 40 (França), -0,05%
*FTSE MIB (Itália), +0,07%
Ásia
*Nikkei (Japão), -0,02% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), +0,02% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), -0,64% (fechado)
*Shanghai SE (China), -0,03% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, -0,28%, a US$ 64,62 o barril
*Petróleo Brent, -0,41%, a US$ 68,12 o barril
*Bitcoin, +0,40%, a US$ 55.910,23
Sobre o minério: **Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 0,61%, cotados a 1068 iuanes, equivalente hoje a US$ 164,26 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,50

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 138 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.

The post Bolsas mundiais operam sem direção definida com investidores à espera da reunião do Federal Reserve appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -