sexta-feira, abril 23, 2021
Home Brasil Bolsas mundiais operam em alta em meio a sinalizações do Fed; petróleo...

Bolsas mundiais operam em alta em meio a sinalizações do Fed; petróleo avança com bloqueio no canal de Suez no radar

As bolsas mundiais operam em alta nesta sexta (26), após o presidente do Fed anunciar que bancos que atingirem certos indicadores de bom funcionamento poderão retomar a recompra de ações e distribuição de dividendos. Investidores também acompanham os preços do petróleo, pressionados em meio ao bloqueio de um enorme cargueiro no Canal de Suez, no Egito, o que pode durar semanas.

Os principais índices futuros americanos operam em terreno positivo, dando continuidade ao desempenho nas negociações das bolsas da véspera, que interromperam uma sequência de quedas, impulsionadas pelo bom desempenho de setores cíclicos do mercado.

Isso indica a expectativa de que a economia tende a se recuperar. Bancos lideraram os ganhos após o presidente do Federal Reserve, o banco central americano, Jerome Powell, afirmar que essas instituições poderiam voltar a realizar a recompra de ações e a elevar dividendos a partir do final de junho, contanto que mantenham níveis adequados de capital até lá.

Qualquer banco que não atinja níveis de capital considerados adequados terá as restrições impostas durante o período da pandemia até 30 de setembro.

Em 2020, bancos dos Estados Unidos recompraram apenas US$ 80,7 bilhões de suas ações, sendo que a maioria das recompras ocorreu antes da pandemia.

O vice-presidente para Supervisão do Fed, Randal Quarles, declarou que: “o sistema bancário continua a ser uma fonte de força, e voltar ao funcionamento normal após o estresse deste ano vai preservar essa força”.

Na quarta-feira (24), a secretária do Tesouro, Janet Yellen, que foi presidente do Fed entre 2014 e 2018, já havia anunciado que estaria confortável com a possibilidade de suspender as restrições sobre dividendos e recompras de bancos.
No último ano, as maiores instituições bancárias tiveram essas possibilidades limitadas com base em sua receita, como medida preventiva durante a pandemia.

Em entrevista à rede NPR na quinta (25), Powell também indicou que o Fed pretende se desfazer de ativos que comprou com o intuito de manter a economia em bom funcionamento durante a pandemia. “Conforme continuamos a progredir em direção a nossas metas, revenderemos gradualmente a quantidade de títulos do Tesouro e papéis atrelados a hipotecas que compramos. Gradualmente, com o tempo e muita transparência, quando a economia estiver completamente recuperada, retiraremos o apoio que oferecemos durante períodos de emergência”.

As bolsas asiáticas fecharam em sua maioria em altas, lideradas pela China continental e pelo Japão.

Listadas em Hong Kong, as ações da Xiaomi e da Great Wall Motors subiram 6,28% e 10,38%, respectivamente. As altas ocorreram após a agência internacional de notícias Reuters publicar uma reportagem afirmando que a Xiaomi pretende produzir veículos elétricos utilizando a fábrica da Great Wall Motor.

Já as ações da Baidu caíram 5,56% na sexta, e as da Alibaba, 2,26%, ambas listadas em Hong Kong. O mau desempenho continua após a Comissão de Títulos Mobiliários dos Estados Unidos adotar uma legislação que pressiona para que empresas listadas em bolsas americanas se adequem aos padrões americanos de auditoria. Caso contrário, podem ser removidas das bolsas do país. Na Europa, todos os setores e as principais bolsas têm ganhos. O índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, sobe 0,63%, com destaque para o setor de recursos básicos, que lidera com alta de 2,3%.

Na quinta-feira, líderes da União Europeia manifestaram reclamações a respeito do atraso das entregas contratadas de vacinas da farmacêutica AstraZeneca, em um momento em que o continente enfrenta uma nova onda de infecções.

Nesta sexta pela manhã serão divulgados dados de vendas no varejo no Reino Unido, relativos a fevereiro. O Instituto Ifo, da Alemanha, publicará seu índice sobre o clima de negócios, relativo a março.

Investidores também têm os preços do petróleo no radar, que voltaram a subir nas negociações de overnight. Há preocupação de que o navio de 220 mil toneladas Ever Given, que está bloqueando o Canal de Suez, no Egito, leve semanas para ser liberado, pressionando os estoques mundiais. Autoridades afirmam que ventos fortes e uma tempestade de areia alteraram o curso do navio.

O barril de petróleo cru tipo Brent chegou a ser negociado por pouco menos do que US$ 63. Pela manhã, é cotado a US$ 63,1.

Veja o desempenho dos principais indicadores às 6h20 (horário de Brasília):
*S&P 500 Futuro (EUA), +0,28%
*Nasdaq Futuro (EUA), +0,22%
*Dow Jones Futuro (EUA), +0,32%
Europa
*Dax (Alemanha), +0,94%
*FTSE 100 (Reino Unido), +0,69%
*CAC 40 (França), +0,47%
*FTSE MIB (Itália), +0,57%
Ásia
*Nikkei (Japão), +1,56% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), +1,57% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), +1,09% (fechado)
*Shanghai SE (China), +1,63% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, +2,08%, a US$ 59,79 o barril
*Petróleo Brent, +1,86%, a US$ 63,1 o barril
*Bitcoin, -7,68%, a US$ 53.741,51
Sobre o minério: **Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 2,01%, cotados a 1088,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 166,44 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,54

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 160 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.

The post Bolsas mundiais operam em alta em meio a sinalizações do Fed; petróleo avança com bloqueio no canal de Suez no radar appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -