quinta-feira, abril 22, 2021
Home Brasil Ações do BB fecham em queda de quase 5% após notícia de...

Ações do BB fecham em queda de quase 5% após notícia de que CEO colocou cargo à disposição; banco nega informação

André Brandão

SÃO PAULO – A sessão desta sexta-feira (26) foi novamente de turbulência para as estatais. De acordo com informações do jornal O Globo, que cita fontes do Palácio do Planalto, o presidente do Banco do Brasil (BBAS3) André Brandão, colocou o cargo à disposição do presidente Jair Bolsonaro. Com isso, as ações BBAS3 intensificaram a queda na reta final do pregão, fechando com baixa de 4,92%, a R$ 28,05, após chegarem a ter perdas de 5,39% na mínima do dia.

Depois do fechamento do mercado, o Banco do Brasil divulgou comunicado negando a informação, afirmando que não houve pedido de renúncia por parte de seu presidente e que o BB não tem conhecimento das fontes das notícias veiculadas na publicação.

Vale destacar que os papéis BBAS3, que já registravam uma certa volatilidade durante a sessão, intensificaram as perdas um pouco antes das 16h, quando foi publicada a notícia. Confira no gráfico abaixo:

(Fonte: B3)

O jornal afirma que, no início da semana, Brandão teve uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, quando manifestou o desconforto em permanecer no cargo, depois dos rumores de que Bolsonaro queria substitui-lo.

Segundo a publicação, foi pedido a ele que permaneça à frente do BB por mais um tempo até que se encontre um substituto. Entre os cotados, estariam o presidente do Banco de Brasília (BRB), Paulo Henrique Costa, o secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Antônio Barreto, e o presidente do BNDES, Gustavo Montezano.

Brandão já enfrentava uma situação bastante delicada desde o início do ano, quando anunciou um plano de reestruturação do banco envolvendo fechamento de agências do banco e do plano de demissão voluntária que desagradou o presidente Jair Bolsonaro, que buscou forçar uma demissão do executivo, bem avaliado pelo mercado. Contudo, Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, conseguiu convencer Bolsonaro a não tirá-lo do cargo.

Na ocasião, Campos Neto, que tem alta estima com o presidente, o alertou de que uma demissão seria avaliada como interferência política em uma empresa pública que tem ações na Bolsa.

Segundo o jornal O Globo, Brandão teria tomado a decisão de colocar o seu cargo à disposição depois de observar o destino do presidente da Petrobras (PETR3;PETR4), Roberto Castello Branco, demitido por Bolsonaro. “O executivo, que assumiu o cargo em setembro do ano passado, quis evitar esse tipo de constrangimento”, aponta a publicação.

Em uma breve nota após a notícia, o Credit Suisse informou que Brandão é bem visto pelo mercado e estava avançando nas iniciativas de reestruturação. “Se confirmado, o foco deve ser em seu potencial sucessor, aumentando a incerteza”, avaliam os analistas.

Como um trader ganha dinheiro, controla perdas, equilibra o emocional e multiplica capital? Assista na Imersão Trader Estratégico, treinamento gratuito do analista Charlles Nader.

The post Ações do BB fecham em queda de quase 5% após notícia de que CEO colocou cargo à disposição; banco nega informação appeared first on InfoMoney.

- Advertisment -