sexta-feira, setembro 17, 2021
Home Política Bolsonaro já reconhece derrota no voto impresso

Bolsonaro já reconhece derrota no voto impresso

Para o presidente Jair Bolsonaro, o “voto impresso” já era.

Durante uma entrevista concedida a uma rádio da Bahia que se apresenta como “conservadora”, um político aliado perguntou sobre os próximos passos da proposta e o ministro João Roma, da Cidadania, que estava ao lado de Bolsonaro, completou lembrando que o presidente da Câmara, Arthur Lira, anunciou que levaria o projeto derrotado na comissão especial na semana passada ao plenário da Casa.

Bolsonaro jogou um balde de água fria e voltou a atacar o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE e integrante do STF:

“É, vai, mas tivemos uma negociação antes, um acordo, vai ser derrotada a proposta. Porque o ministro Barroso apavorou alguns parlamentares. E tem parlamentar que deve alguma coisa na Justiça, deve no Supremo, né? Então o Barroso apavorou. Ele foi pra dentro do Parlamento, fazer reuniões com lideranças e praticamente exigindo que o Congresso não aprovasse o voto impresso.”

- Advertisment -