segunda-feira, setembro 27, 2021
Home Brasil Após movimento de Alcolumbre, Bolsonaro banca Mendonça no STF

Após movimento de Alcolumbre, Bolsonaro banca Mendonça no STF

Chefe da CCJ do Senado, Davi Alcolumbre foi ao Planalto para conversar com o ministro Luiz Eduardo Ramos. Queria sondar a possibilidade de troca de nome do indicado para o STF. Sairia André Mendonça para entrar Augusto Aras.

Ramos, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, negou. Ciente da movimentação, o próprio Jair Bolsonaro fez checar a interlocutores do Senado que vai com Mendonça até o fim.

O presidente já indicou formalmente Mendonça ao STF. Para que o ex-ministro seja aprovado, é preciso que a CCJ realize a sabatina e aprove seu nome. Depois, o plenário da Casa precisa dar a palavra final. Mendonça já falou com boa parte dos senadores sobre sua indicação, mas a crise política alimentada pelo Planalto tem atrapalhado o processo de aprovação do escolhido do presidente.

- Advertisment -